Arquivo da tag: grafiteiros

Arte Urbana em Natal

Natal é uma cidade sensível à arte urbana, como o grafite. Sou sensível a essa manifestação artística e venho observando esse tipo de arte se tornar mais forte nessa cidade.

Quando Erich e eu estávamos captando imagens para nossa publicação 66 x Brasil tivemos a oportunidade de fotografar o Beco do Batman, em São Paulo,

que inspirou algumas administrações púbicas, dentre elas, a de Natal, a incentivar a pintura de murais em diversas partes do país.

O grande (três mil metros quadrados) e belo painel “Etnias” criado pelo artista Eduardo Kobra, localizado na Av. Rodrigues Alves, na zona portuária do Rio de Janeiro, área que funcionou como o “Boulevard Olímpico” durantes as Olímpiadas de 2016, é outro grande exemplo de arte urbana.

Em São Paulo há diversos murais pintados em paredes cegas de prédios, como os do NoLata Festival Internacional de Arte Urbana que reuniu 15 artistas e produziu belos trabalhos em 3689m² de área no Largo do Batata nesse ano de 2020.

Foto: Divulgação/NaLata, retirado do blog Arte!brasileiros: https://artebrasileiros.com.br/por-ai/na-lata-festival-de-arte-urbana-murais-sao-paulo/

De acordo com a antropóloga Lisabete Coradini no trabalho

As Interferências Urbanas na Cidade de Natal um ensaio sobre linhas, cores e atitudes“, o grafite  em Natal se consolidou no início dos anos de 1990. Em 2012 aconteceu o “1º. Interativo de Arte Visual no Espaço Ruy Pereira”. Em 2015 foi pintado o “Painel das Cores”, na Av. do Contorno, que margeia o Rio Potengi. Atualmente a pintura está “desbotada”.

Se você caminhar ou mesmo passear de carro em Natal, é possível observar pinturas em muros que chamam atenção, como é o caso do mural pintado no Mercado do Peixe na Ribeira,

no muro da Companhia de Energia do Rio Grande do Norte – COSERN,

no muro de uma escola no bairro de Mãe Luíza

ou até mesmo para promover um salão de beleza na Cidade Alta, na esquina da Rua Felipe Camarão com a Rua General Osório.

Há alguns espaços em Natal onde é possível se apreciar a arte do grafite através de trabalhos novos, onde espaços se transformaram em galerias à céu aberto, como na Escadaria de Mãe Luíza (Av. Silvio Pedroza, em frente à Praia de Areia Preta),

no Beco da Lama (Rua Vaz Gondim, Cidade Alta),

na Travessa José Alexandre Garcia, conhecida como  “Buraco da Catita”, na Ribeira

e no Espaço Ruy Pereira (Rua Professor Zuza, Cidade Alta), que foi “repaginado” e com belos murais.

A Secretaria Municipal de Cultura de Natal tem incentivado à arte urbana através de editais, empresas e instituições tem usado esse tipo de manifestação artística para divulgar suas ideias e serviços. Um dos aspectos que deve sempre ser considerado é que esse tjpo de arte precisa de manutenção constante devido a ação do sol e da chuva.

Nota: A 14a. Edição da Mostra SESC Arte e Cultura 2020 em Natal apresenta uma intervenção urbana com grafite muito interessante. Conheça essa mostra aqui.

Observação: se você quiser continuar “viajando” com o nosso blog, clique no botão “seguir” localizado no canto inferior direito dessa página. Você também pode “viajar” pelo Brasil conhecendo nosso  livro impresso  66 x Brasil e sua versão digital 66 Belezas do Brasil.