ROMA, A CIDADE ETERNA

ROMA, VISITA AO PASSADO CLÁSSICO

Texto e fotos sem informação da fonte: João Paulo Canário, advogado, apaixonado por viajar, aspirante a mochileiro.Gosta de conhecer novos lugares e novas culturas. Está sempre pensando na próxima viagem.

Roma, mais do que uma cidade eterna, é uma cidade fantástica, encantadora. Confesso que sou um pouco suspeito para falar dessa cidade que tanto me fascina. Nesse ano (2018) estive na capital italiana pela segunda vez, mas posso afirmar que o encantamento pela cidade só aumenta.

Vista panorâmica a partir do edifício Vittoriano

Roma é história viva, e isso se confirma a cada passo que se dá pela cidade, a qual ainda conserva algumas das ruínas de construções e alguns monumentos que compuseram o cenário da cidade antiga durante muitos anos.

Um desses monumentos é o Coliseu, que ainda hoje tem a capacidade de impressionar a todos que o visitam. O seu valor histórico é imensurável, tendo sido, a princípio, palco para diversas batalhas entre gladiadores que eram travadas diante de uma plateia de milhares de pessoas que lotavam a arena a cada duelo.

Coliseu

Atualmente é possível fazer a visita no interior do Coliseu. A visitação é paga, dessa forma recomendo que no período de alta estação, como no verão, por exemplo, onde as filas dos ingressos costumam ser quilométricas, que se faça a compra do ingresso antecipado pela internet, ou que utilize o Roma Pass, cartão turístico que pode ser comprado em pontos turísticos ou nos Aeroportos de Roma. Informações sobre o Roma Pass podem ser obtidos no site oficial. 

Interior do Coliseo de Roma

O ingresso do Coliseu tem validade de dois dias e também pode ser usado para visitar o Foro Romano e o Palatino que ficam vizinhos ao Coliseu. Por serem esses dois últimos lugares muito extensos, exigindo um bom tempo de caminhada e contemplações, recomendo a visita ao Coliseu em um dia, e a vista ao foro romano e ao palatino no dia seguinte.

Palatino

Vale ressaltar que o ingresso do Coliseu só permite a visitação da parte superior do monumento. Caso queira visitar a parte subterrânea, onde ficavam os alojamentos dos gladiadores e por onde passavam os animais selvagens que eram utilizados nas batalhas, é necessário fazer uma reserva antecipada. A visita subterrânea também é paga e é realizada com hora marcada com um guia turístico. Tal reserva pode ser realizada no site.

Subterrâneo do Coliseo

Outro importante monumento é o Pantheon, construído para servir inicialmente como templo religioso. Nele está enterrado grandes personalidades da história italiana, como os reis Vittorio Emanuele II e Umberto I. Hoje funciona como igreja católica e impressiona pela arquitetura, as grandes colunas de sustentação e a vultuosa cúpula que compõe o prédio. A entrada ao monumento é gratuita e vale bastante a pena visitá-lo.

Pantheon

Além desses dois monumentos em específico, pode-se mencionar também como passeios imprescindíveis: o Castelo de Sant’Angelo

Castelo de Sant´Angelo

e o Vittoriano (construção em homenagem ao Rei Vittorio Emanuele II), que além da visitação interna, também é possível desfrutar de uma vista panorâmica da cidade a partir do terraço do prédio (o acesso é por meio de um elevador panorâmico e não é gratuito, mas é uma bela oportunidade de ver toda a cidade, com uma vista deslumbrante).

Monumento Nacional a Vittorio Emanuelle II localizado na Praça Venezia
Parte da vista panorâmica do terraço do edifício Vittoriano

Além disso, há inúmeras igrejas em Roma, algumas delas são verdadeiras obras de arte, em razão das suas arquiteturas e pelo acervo de pinturas e esculturas sacras que adornam os seus interiores.

Roma também tem diversas praças, como é o caso da Piazza Navona,

Fonte na Piazza Navona, Fonte dos Quatro Rios

Piazza Spagna, Piazza del Popolo, Piazza Venezia, dentre diversas outras. Vale muito a pena visitá-las. Algumas delas, como é o caso da Piazza Navona e Piazza Spagna, possui restaurantes e lojas ao redor, além de belíssimas fontes d’água.

Por falar nas fontes d’água, elas são numerosas na cidade e são espetáculos a parte. A mais conhecida delas é a Fontana di Trevi, esplendorosa, a maior fonte da cidade, e uma das mais antigas também. Foi cenário, inclusive, do filme: La Dolce Vita. Vale a pena visitá-la tanto no período diurno, quando no período noturno, momento em que ela fica toda iluminada e torna o momento ainda mais charmoso e romântico. Quando visitá-la, não esqueça de jogar uma moeda e fazer um pedido para voltar à Roma, pois existe uma lenda antiga que diz: se uma pessoa jogar uma moeda na fonte, um dia ela voltará à Roma. Comigo deu certo kkkk.

João Paulo, Fontana de Trevi

A cidade ainda conta com várias outras fontes, igualmente fascinantes, como é o caso da Fonte dos Quatros Rios (na Piazza Navona), Fontana Della Barcaccia (na Piazza Spagna), Fonte das Tartarugas. Recomendo a visita em todas elas.

Fontana della Barcaccia
Fonte das Tartarugas

Dica: na Piazza Spagna encontra-se uma escadaria que dá acesso à igreja Trinità dei Monti. No topo dessa escadaria é possível ter uma bela visão da cidade. Recomendo a visita no finalzinho da tarde, para apreciar o pôr do sol e o acender das luzes da cidade.

Fonte/Quelle/Source: https://www.eaiferias.com/2018/01/piazza-di-spagna.html

A cidade romana também conta com diversos museus mundialmente conhecidos, a exemplo dos Museus do Capitolinos, da Galleria Borghese e dos famosos Museus Vaticanos.

Portão de saída dos Museus Vaticanos

Importa mencionar que Roma também abriga o país do Vaticano, sede da Igreja Católica e que atrai milhares de turistas e fiéis durante todo o ano. A visita à Basílica de São Pedro é fascinante, bem como o tour pelos Museus Vaticanos, que contém um rico acervo de obras de arte do mundo inteiro. A Capela Sistina é o ponto alto do passeio aos Museus do Vaticano, nela se encontra as pinturas feitas por Michelangelo em afresco e que permanecem bem conservadas até os dias atuais.

Fonte/Quelle/Source: ttps://www.joya.life/pt-br/blog/a-capela-sistina-uma-grande-obra-de-arte/
João Paulo, ao fundo, a Basílica de São Pedro

Ainda no Vaticano, é possível fazer a visitação guiada ao túmulo do apóstolo Pedro, mas é necessário fazer reserva antecipada para um grupo de no máximo 10 pessoas. É necessário indicar o número de pessoas que fará a visitação, o nome de cada integrante do grupo, o idioma que se pretende fazer a visitação (é interessante indicar um idioma alternativo, caso não haja guia em português na data indicada), o período em que o grupo estará em Roma, para que o Ofício possa verificar qual dia e horário poderá ser feita a visita e o e-mail de algum integrante do grupo.

Todos esses lugares citados são alcançáveis por meio do transporte público da cidade. O metrô é excelente e muito eficiente. Porém, para ser sincero, nada se compara explorar Roma andando pelas suas ruas e avenidas.

Fonte/Quelle/Source: https://pt.dreamstime.com/fotografia-editorial-roma-it%C3%A1lia-em-outubro-de-os-turistas-andam-sobre-pontes-e-ruas-de-roma-antiga-em-um-dia-ensolarado-do-outono-image62100867

Os pontos turísticos são muito próximos uns dos outros e caminhar por meio da cidade, apreciando a arquitetura dos prédios, a cultura local, as ruínas preservadas, as lojas e restaurantes da cidade. Enfim, observar toda a dinâmica da cidade enquanto se caminha é a melhor forma de conhecer a capital italiana. Um bom tênis e um mapa da cidade é a combinação perfeita nesse caso.

Palatino

Por fim, cabe ressalvar que cada monumento, museu ou outras obras preservadas de Roma rendem um post exclusivo, em razão da magnitude de sua importância histórica e cultural, bem como pela beleza de suas arquiteturas. Decerto que Roma não se resume a essas breves explanações, pois as qualidades de uma cidade que carrega em si o atributo de ser eterna jamais se esgotam em um único post, mas busquei, de forma sucinta, elencar aqui as particularidades que tanto me fascinam em Roma.

Fontana de Trevi

Sem dúvidas Roma é uma cidade que merece estar nos planos de toda pessoa que é fascinada por história, ama viajar e conhecer lugares incríveis.

Observação: se você quiser continuar “viajando” com o nosso blog, clique no botão “seguir” localizado no canto inferior direito dessa página.

 

 

 

 

6 comentários em “ROMA, A CIDADE ETERNA”

    1. Muito obrigado, Eliana. Torço muito para que esse dia chegue, porque vai valer muito a pena. Continue acompanhando o blog para ficar por dentro de outros lugares incríveis. Um abraço.

      Curtido por 1 pessoa

    1. Que coisa boa, fico muito feliz!! Sempre é ótimo voltar a Roma, ainda que por meio das lembranças maravilhosas dessa cidade. Obrigado pelo comentário. Continue acompanhando o blog para ficar por dentro de outros lugares incríveis. Um abraço.

      Curtido por 1 pessoa

    1. Maravilhosa mesmo. Muitas saudades de Roma. Obrigado pelo comentário. Continue acompanhando o blog para ficar por dentro de outros lugares incríveis. Um abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s